Entrevistas

Avantasia: Entrevista exclusiva com o guitarrista convidado Oliver Hartmann

Por André BG | Em 29/08/2016 - 01:44

Fonte: Savage Union Brasil - Fã clube oficial do Edguy e Avantasia no Brasil


Fotos: Todas as fotos foram enviadas por e-mail pelo próprio Oliver Hartmann

 

O SAVAGE UNION BRAZIL tem a satisfação de publicar a entrevista exclusiva que fizemos com Oliver Hartmann, um dos integrantes do Avantasia e uma das vozes mais reconhecidas e amadas pelos fãs. Trazemos a vocês, membros do SUB, algumas curiosidades sobre sua carreira e falamos um pouco sobre o novo álbum de sua banda HARTMANN, que será lançado ainda esse ano!


Stay savage,

Sabine & Sandra

 

 

SUB: Você começou bem cedo na música, tocando seu primeiro show com apenas 17 anos de idade! Já são 28 anos de experiência de palco, você ainda fica nervoso antes de shows ao vivo? Como você se sente com toda a experiência que você adquiriu ao longo desses anos?

 

Hartmann: Eu comecei a tocar guitarra quando tinha 10 anos de idade e, desde que eu me recordo, eu sempre quis ser músico. Quando paro para pensar nos 28 anos de experiência e numa carreira com todos os seus altos e baixos, tenho de dizer que sempre fui grato por tudo que eu conquistei e quem eu sou agora. E espero que seja assim no futuro também. Fazer parte do AVANTASIA, ROCK MEETS CLASSIC e excursionar com esses projetos em um nível – no meu ponto de vista – altamente internacional, é sempre algo especial e precioso. Então, claro, eu ainda sinto aquele nervosismo antes de entrar no palco e tocar para milhares de fãs. O dia que eu não me sentir assim, eu não teria razão para continuar fazendo tours. Tomara que isso nunca aconteça ;-) 

 

SUB: Aos 19 anos, você se juntou a uma banda de Hard Rock chamada HEAT, que fez bastante sucesso naquela época. Vocês inclusive ganharam um prêmio de música na Alemanha. Onde está esse material? 

 

Hartmann: Sim, é verdade que nós ganhamos alguns prêmios com o HEAT, mas infelizmente nenhum material foi lançado por uma gravadora na época, exceto por um álbum que foi gravado e lançado quando eu já não estava mais na banda. Talvez a gente possa pensar em lançar algumas demos antigas. Eu ainda tenho algumas bem engraçadas em casa, haha ;-)

 

 

SUB: Ainda falando do passado, nós gostaríamos de saber mais sobre as músicas que você compôs para estações de rádio e de TV na Alemanha! São vinhetas comerciais?

 

Hartmann: Eu gravei muitas produções como cantor, guitarrista e também como compositor. Algumas de minhas músicas que foram compostas e produzidas em cooperação com outros músicos foram usadas para fins promocionais, como para a FIAT e outros. As mais notáveis talvez tenham sido as músicas chamadas “Die Legende Lebt” e “FCN back again” que foram gravadas em 1997 para a equipe de futebol alemã “1. FC Nürnberg” e ainda são tocadas no estádio todo final de semana. Além disso, eu estive trabalhando muito com estações de rádio, por exemplo, criei jingles para uma estação de rádio chamada “Antenne Bayern” – até onde eu saiba, é a estação mais popular na Alemanha no momento – e para outras como a “Rock Antenne” e a “Radio Regenbogen”. Acho que é possível encontra-los facilmente na internet ou no YouTube. Ou, claro, você pode ouvir as rádios propriamente ditas ;-)

 

 

SUB: Nos seus tempos de ATVANCE, vocês foram possivelmente uma das primeiras bandas a gravar covers de bandas pop usando uma abordagem metal, o maior exemplo disso são os covers do ABBA. Você os canta tão bem que até os fãs de ABBA gostam de como ficou! Você já pensou em lançar um álbum só de covers para demonstrar a sua versatilidade como cantor?

 

Hartmann: Fico feliz de saber que você gosta desses covers! Eu sempre gostei das versões cover e, por isso, eu também fiz “Brazen” do SKUNK ANANSIE, que está no meu primeiro álbum solo “Out in the Cold”, e “Music” de JOHN MILES, como versão acústica para o DVD ao vivo “Handmade”. Mas eu nunca pensei em fazer um álbum só de covers. É claro que as versões do ABBA que eu fiz foram algo especial porque nós fomos realmente uma das primeiras bandas de metal fazendo covers de músicas pop como essas. Mas eu acho que, no final das contas, o sucesso desses covers se deve à qualidade das músicas originais, que são boas por si só. Uma música boa continua sendo sempre uma música boa, independente de ser pop, rock, metal, etc.

 

Nota do SUB: confira os covers citados no texto:

 

“Brazen” – SKUNK ANANSIE:

 

 

 

“Music” – JOHN MILES:

  

 

 

SUB: Você compôs um hino para o time de futebol de Nürnberg (FCN) chamado “Die Legende lebt” (“A Lenda Vive”). Como surgiu essa oportunidade? E, mais importante, você é um torcedor do FCN?

 

Hartmann: É uma música bem famosa para fãs de futebol e, sim, eu gosto de futebol. Especialmente quando se trata de torneios mundiais. Desculpem-nos novamente pela semifinal há dois anos atrás, haha ;-) Devido ao trabalho que fiz para o FCN, eu estou sempre checando a posição deles na tabela de tempos em tempos, mas eu não diria que sou um real torcedor do time.

 

“Die Legende lebt”: 

 

 

 

 

SUB: Você esteve recentemente no Brasil com o AVANTASIA pela turnê de “Ghostlights”.  Inclusive, o show foi gravado para o lançamento de um DVD e a música “Draconian Love” foi escolhida para a gravação de um videoclipe. O que você achou do público nesse show? Correspondeu às expectativas da banda?

 

Hartmann: Excursionar pela América Latina é sempre algo muito excitante porque é aí que acontecem os shows mais intensos. E, definitivamente, os fãs que cantam mais alto. Especialmente no Brasil. “Draconian Love” é uma faixa muito legal e será o próximo single do AVANTASIA. Gravar o show completo no Brasil e o videoclipe foi absolutamente maravilhoso para nós e estou curioso para assistir ao material, o quanto antes! 

 

Nota do SUB: confiram o videoclipe oficial de “Draconian Love”:

 

 

 

SUB: Vamos falar da sua carreira solo. Você gravou 4 álbuns de estúdio “Out in the Cold” (2005), “Home” (2007), “3” (2009) e “Balance” (2012), uma compilação “The Best is Yet to Come” (2013) e um DVD ao vivo acústico “Handmade” (2008). Quando será o lançamento do próximo álbum?

 

Hartmann: Sim, HARTMANN começou em 2005 com "Out in the Cold" e o último lançamento foi a compilação em 2013. Nesse momento, estou finalizando a produção do próximo álbum "Shadows & Silhouettes", que será lançado dia 30 de setembro.

 

 

Nota do SUB: Os álbuns “The Best is Yet to Come” e “Home” foram ambos lançados no Brasil pela Dynamo Records, e estão disponíveis em:

 

http://diehard.com.br/detalhe_produto.php?codProd=bOvYMzIyMjI

 

http://diehard.com.br/detalhe_produto.php?codProd=jSpSMzI4NDQ

 

 

 

SUB: Por que tanto tempo entre o último lançamento de estúdio, que foi em 2012, e o novo álbum? Podemos esperar uma sonoridade muito diferente de “Balance”? O que você está planejando com esse?

 

Hartmann: Muitas dessas músicas para o novo álbum já tinham sido escritas e arranjadas em 2014, mas, desde então, eu nunca tive tempo suficiente para me concentrar na produção final e na mixagem devido a outros projetos e turnês. É claro que a banda tem seu som e estilo próprios e cada álbum varia um pouco em relação ao último. Não será completamente diferente do que nós temos feito até agora, mas eu acho que nós temos algumas músicas muito boas dessa vez. Estou ansioso pela gravação da bateria na semana que vem e pela mixagem em junho, que será feita novamente pelo Sascha Paeth.

 

 

SUB: Em 2009, você gravou o álbum “3”. Esse álbum contém a música “Brothers” na qual você divide os vocais com Tobias Sammet. Como você chegou à conclusão que Tobias seria a voz certa para cantar como “seu irmão” nessa música?

 

Hartmann: Quando eu escrevi essa música, eu sempre tive um dueto em mente. O Tobias foi a minha primeira escolha para essa faixa, então fiquei muito contente que ele aceitou cantar nela. E ele realmente fez um trabalho fantástico nessa canção! Naturalmente, ele é um grande amigo, mas é um pouco difícil vê-lo como meu irmão porque quando se trata de AVANTASIA, ele é o meu chefe, haha :-)

 

 

SUB: Você estreou “Brothers” ao vivo durante a festa de lançamento do álbum “3” em 21 de novembro de 2009 em Aschaffenburg. Como foi receber dois convidados especiais, Tobias Sammet e Sascha Paeth, e tê-los no palco com você?

 

Hartmann: Ter ambos comigo no palco para esse show foi algo muito especial, e era o aniversário de Tobi. Eu ainda me lembro daquela noite. E o bolo de aniversário estava uma delícia também :-)

 

 

SUB: Como é trabalhar com Sascha Paeth e Tobias Sammet? Você poderia nos contar mais sobre isso? Há quanto tempo você os conhece? Quando você os encontrou pela primeira vez?

 

Hartmann: Conheço o Tobi desde a produção do primeiro álbum do AVANTASIA “Metal Opera Part I”, que foi em 1999, quando ele me convidou para fazer os coros e os vocais para “Sign of the Cross”. Foi uma grande experiência, especialmente porque ninguém esperava o sucesso que esse álbum faria e ninguém jamais poderia ter previsto onde nós estaríamos 16 anos mais tarde. Acho que nem mesmo o Tobi! A primeira vez que eu trabalhei com o Sascha foi em 2000 ou 2001. Até onde eu me lembre, foi para um coro produzido para um álbum do RHAPSODY. Mais tarde, em 2002, ele também fez a mixagem do álbum do ATVANCE “Only Human” e, desde então, nós sempre mantivemos contato, seja para o AVANTASIA, pelo EDGUY ou para a minha banda HARTMANN. Também trabalhamos juntos no DVD “Barefoot to the Moon” da minha banda tributo ao Pink Floyd, ECHOES. Sempre foi muito tranquilo e profissional trabalhar com esses caras e eu fico feliz de dizer que nós todos somos muito mais do que só colegas.

 

 

SUB: E aquela pegadinha que os Avantasians pregaram em você no aeroporto, escondendo uma boneca inflável e uma faca na sua bagagem de mão?? Qual foi a sua reação? Eles continuam pegando no seu pé? Mais importante, você busca vingança? Hahaha… [Nota do SUB: pra quem quiser relembrar o que aconteceu: https://www.facebook.com/MyLoveTobiasSammet/posts/501976676529642]

 

Hartmann: Aquela foi definitivamente uma boa piada! E uma bem perigosa: ter uma faca na sua bagagem pode ter consequências catastróficas quando você encontra a pessoa errada, sem um bom senso de humor, durante a checagem de bagagens ;-) Eu ainda não encontrei nada apropriado para uma possível vingança, mas algum dia eu dou o troco, haha ;-)

 

SUB: Como você já excursiona com o AVANTASIA há muitos anos, quem você diria que é o músico mais engraçado? E quem é o mais tímido? 

 

Hartmann: Todos aqueles caras são grandes pessoas e é sempre bom revê-los para uma produção ou uma turnê. Um dos caras mais engraçados é definitivamente o Tobi. Mesmo quando ele quer ficar sério é difícil para ele, porque na maior parte do tempo ele não consegue. A pessoa mais tímida seria talvez nosso tecladista Miro. Mas ele também é um cara bem engraçado, com um grande senso de humor.

 

 

SUB: Como você vê o contato com os fãs durante a turnê? Você gosta desse contato? 

 

Hartmann: Eu pessoalmente adoro ter esse contato com os fãs e conversar com eles. Afinal de contas, eles são a razão pela qual nós estamos aqui. Claro, algumas vezes pode ser excessivo aqui e ali com fãs enlouquecidos e às vezes você não consegue atender a todos. Mas eu sou grato por todas essas pessoas e são elas que compram nossos álbuns e nos trazem sucesso. Isso é uma coisa que muitos artistas populares se esquecem às vezes.

 

SUB: Na turnê de “The Mystery of Time” em 2013, Jorn Lande não pôde se juntar à banda para os shows. Quando você ficou sabendo que teria de cantar as partes dele nas músicas? A “The Scarecrow” ficou ótima com sua voz! 

 

Hartmann: O Jorn é de fato um dos melhores vocalistas que eu já encontrei e, apesar de eu ser também reconhecido como um bom vocalista, foi uma grande responsabilidade substituí-lo em canções como a “Scarecrow”, que, na minha opinião, é uma das suas melhores marcas registradas como cantor. Eu me senti muito honrado cantando as partes do Jorn em 2013 e foi ótimo tê-lo de volta conosco para essa turnê. Não dá pra substituir um cara como ele. 

 

SUB: Oliver, agradecemos pela entrevista, você gostaria de deixar uma mensagem para seus fãs brasileiros? 

 

Hartmann: Eu gostaria de dizer “Olá” a todos os membros do Savage Union Brazil e, claro, para todos os nossos fãs de AVANTASIA. O último show que fizemos aí foi fantástico e nós estamos ansiosos para retornar o mais rápido possível. Talvez algum dia com minha banda, HARTMANN, também!

 

Nota do SUB: Fiquem ligados nas últimas notícias pela página oficial do Facebook de Oliver Hartmann: www.facebook.com/HartmannBand e também pela webpage oficial www.oliverhartmann.com

 


André BG

Apenas um cara que curte futebol, mulher e Rock 'n' Roll, bebe cerveja e torce para o Palmeiras!

Facebook: https://www.facebook.com/andre.alvesbg.5




blog comments powered by Disqus