Resenhas

Velhas Virgens e Hurricanes - 25.05.2019 - Templo Music, São Paulo, SP

Por André BG | Em 27/05/2019 - 20:50
Fonte: Alquimia Rock Club

Fotos: André Alves BG

 

Conhecida no cenário como a maior banda de Rock independente do Brasil, as Velhas Virgens comemorou em 2016 seus 30 anos de atividades, lançando no ano seguinte o álbum ao vivo (também em DVD) “30 Anos ao Vivo no Love Story”, e desde então a banda atualmente formada por Juliana Kosso (vocal e performance), Paulão de Carvalho (vocal), Tuca Paiva (baixo),  Simon Brow (bateria), Alexandre “Cavalo” Dias (guitarra e backing vocal) e Filipe Cirilo (guitarra) vem celebrando essas três décadas de muito sexo Rock n Roll e cerveja.

 

E mais uma vez os fãs da capital paulista puderam conferir a apresentação desse ícone do Rock naciona, desta vez em um show realizado no último sábado no Templo Music, casa localizada no tradicional bairro da Mooca. A abertura da noite ficou por conta da banda Hurricanes, quarteto formado pelo ator global Gabriel Braga Nunes (baixo e vocal), que acompanhado por Leo Mayer (guitarra e vocal), Guilheme Moraes (bateria) e Rodrigo Cezimbra (vocal), mandou um repertório recheado de grandes clássicos do Rock como “Jumpin’ Jack Flash” e “Satisfaction” dos Rolling Stones, “Highway The Hell” do AC/DC, “Whole Lotta Love” e Rock And Roll do Led Zeppelin, muito bem executados por uma banda bem entrosada no palco, esquentando o público que ainda pode conferir três músicas autorais da banda, devendo provavelmente ser lançadas muito em breve. 

 

    

Set list:

 

1- Jumpin’ Jack Flash (Rolling Stones)

2- Fortunate Son (Creedence Clearwater Revival)

3- Love Two Times (The Doors), 

4- Satisfaction (Rolling Stones)

5- How Do You Love

6- Come to Gather (The Beatles)

7- Road Rose Blues (The Doors)

8- Whole Lotta Love (Led Zeppelin)

9- Purple Cloud

10- 111

11- Highway The Hell (AC/DC)

12- Rock And Roll (Led Zeppelin)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com o relógio passando da uma da madrugada e com o bom público que compareceu na casa devidamente animado, as Velhas Virgens subiram ao palco para fechar a noite com sua famosa e divertida performance, recheada de grandes sucessos que fizeram da banda um ícone do Rock nacional em suas mais de três décadas de estrada, com temas marcantes e de nomes  mais que sugestivos como “De Bar Em Bar Pela Noite” (essa seguida de um trechinho de Bete Morreu do Camisa de Vênus), “Só Pra Te Comer”, “Siririca Baby” e “A Mulher do Diabo”, fizeram o público cantar e agitar do inicio ao fim de cada música, conduzidos por uma banda afiadíssima e nem mesmo a corda da guitarra de Filipe Cirilo que estourou logo no inicio do show foi um empecilho para tirar a desenvoltura da banda, já que o talentoso guitarrista tirou esse pequeno problema de letra improvisando um solo com a corda estourada literalmente entre seus dentes, mais Rock n Roll que isso impossível!

 

Os fãs ainda foram presenteados com uma música nova, “O Bar Me Chama”, que com seu titulo mais que sugestivo se encaixou perfeitamente ao repertório de clássicos da banda, um bom sinal de que a criatividade e a química na banda continuam bem fortes.

  

Com o público nas mãos como sempre, os vocalistas Paulão de Carvalho e Juliana Kosso deram um show a parte, esbanjando carisma e bom humor no palco com sua irreverente performance e interagindo com o público a todo momento, seguiram a frente do palco agitando a casa ao som de mais algumas perolas como “Blues Do Velcro”, “Esse Seu Buraquinho” e “O Que É Que a Gente Quer?” antes da banda deixar o palco e retornare para o tradicional bis com as não menos icônicas “Abre Essas Pernas”, “Toda Puta Mora” e a clássica versão de “A Minha Vida É o Rock N Roll” da banda Made In Brazil, que encerrou o show de duas horas de duração em grande estilo, deixando o público mais que satisfeito e mostrando que as Velhas virgens seguem firmes e fortes como a maior banda independente do Rock nacional.  

 

A qualidade da casa também merece ser destacada, relativamente novo, o Templo Music se mostrou uma ótima opção para shows desse porte (capacidade para cerca de 1000 pessoas) na região da Mooca, sendo um ambiente agradável e com bom atendimento ao público em geral. 

 

 

Set List:

 

1- De Bar Em Bar Pela Noite/Beth Morreu

2- Só Pra Te Comer

3- Uns Drinks

4- Essa Tal De Tequila

5- Beijos De Corpo

6- Madruga e Meia

7- O Bar Me Chama 

8- Homem Lindo

9- Siririca Baby

10- A Mulher do Diabo

11- Ninguém Beija Como as Lésbicas

12- Não Vale Nada

13- Balada Para Charlie Harper (Todos os Dias a Cerveja Salva a Minha Vida)

14- Rafaela, Eu Amo a Sua Mãe

15- Blues Do Velcro

16- Esse Seu Buraquinho

17- A Última Partida De Bilhar 

18- O Que É Que a Gente Quer?

Bis: 

19- Abre Essas Pernas

20- Toda Puta Mora Longe

21- A Minha Vida É O Rock N Roll

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



André BG

Atual Editor Chefe

Apenas um cara que curte futebol, mulher e Rock 'n' Roll, bebe cerveja e torce para o Palmeiras!

Facebook: https://www.facebook.com/andre.alvesbg.5 

Instagram: https://www.instagram.com/andrealvesbg/




blog comments powered by Disqus