Resenhas

The Exploited e Ação Direta - 15.06.2019 - Fabrique Club, São Paulo, SP

Por André BG | Em 19/06/2019 - 04:27
Fonte: Alquimia Rock Club

Fotos: Daniel Rocha

 

Após ter cancelado sua última turnê pelo Brasil que ocorreria em outubro do ano passado em decorrência de problemas de saúde de seu líder e vocalista Wattie Buchan, a lenda do Punk Rock The Exploited voltou ao Brasil para uma série de shows no mês de junho, se apresentando na capital paulista no último sábado no Fabrique Club.

 

O show ainda teve uma abertura de luxo dos veteranos do Ação Direta que vem celebrando seus trinta anos de atividades. Com um som bom e incrivelmente alto, a banda do ABC Paulista formada por Gepeto (vocal), Denis (guitarra), Galo (baixo) e Marcão (bateria) fez uma apresentação certeira mesclando músicas que marcaram suas três décadas de atividades. Porradas como “Deuses, Dogmas e a Violência” e “Dias de Luta”, além das novas “Na Cruz da Exclusão” e “Artificial” ditaram o ritmo forte da apresentação e agitaram o público presente. O show ainda contou com a participação de Diego Parmito da banda Forbidden Ideas nos vocais na música “Crueldade”, mas um dos momentos mais marcantes certamente foi o desfecho com a versão para a clássica “Caçador da Noite” do Dorsal Atlântica. Apesar de pouco mais de quarenta minutos no palco, o Ação Direta fez uma apresentação digna de uma das mais importantes bandas do Hardcore nacional. 

 

 

Set list: 

 

1- Manifesto

2- Por Qual Razão?  

3- Deuses, Dogmas e a Violência 

4- Dias de Luta 

5- Nunca Mais 

6- No Poder 

7- Intro/Conspiração 

8- Na Cruz da Exclusão 

9- Intro/Zeitgeist 

10- Fatalidades 

11- Intro/Massacre Humano 

12- Artificial

13- Crueldade 

14- Corpo Fechado 

15- Sinais de Pulsação  

16- Caçador da Noite (Dorsal Atlântica cover)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quinze minutos antes do horário previsto para seu show (marcado para as 20h45min), os escoceses do The Exploited subiram ao palco do Fabrique Club para dar uma verdadeira aula de Punk Rock. A banda liderada pelo lendário vocalista Wattie Buchan, acompanhado por Irish Rob (baixo), Wullie Buchan (bateria) e Robbie Davidson (guitarra) não vem divulgando nenhum trabalho novo, o que não chega a ser algo ruim, já que o público foi presenteado com um set list muito bem equilibrado com músicas de quase todos os seus álbuns, com destaque para clássicos dos anos 80 como “Let's Start a War”, “Troops of Tomorrow”, “Alternative”, e “I Believe in Anarchy” que foram mescladas com as porradas “Chaos Is My Life”, “Why Are You Doing This to Me” e “Fuck the System” do último álbum Fuck the System de 2003, agitando o público que cantou cada uma das músicas conduzidos pelo carismático vocalista Wattie Buchan. 

 

Vale mencionar também o peso que as músicas ganharam ao vivo, muito por conta da ótima performance do  guitarrista Robbie Davidson que deu um peso a mais para as músicas, mas na medida certa.

 

“Beat the Bastards”, faixa titulo do álbum lançado em 1996 e a icônica “Fuck the U.S.A” foram mais alguns dos destaque do repertório antes da banda deixar o palco para o tradicional encore. Na volta, o baterista Wullie Buchan convidou vários fãs para subirem ao palco para cantarem a clássica “Sex & Violence”, fazendo uma verdadeira festa. Com o palco já vazio, os fãs ainda agitaram com as pedradas “Punks Not Dead” e “Was It Me” que encerraram em grande estilo um show que pode ser considerado uma verdadeira aula de Punk Rock desse ícone do estilo chamado The Exploited. 

 

 

Set list: 

 

1- Let's Start a War (Said Maggie One Day) 

2- Fightback 

3- Dogs of War

4- The Massacre 

5- UK 82 

6- Chaos Is My Life

7- Dead Cities

8- Alternative

9- Why Are You Doing This to Me 

10- Rival Leaders 

11- Troops of Tomorrow (The Vibrators cover) 

12- Noize Annoys 

13- Never Sell Out

14- I Believe in Anarchy 

15- Holiday in the Sun 

16- Maggie 

17- Beat the Bastards

18- Cop Cars 

19- Porno Slut

20- Fuck the System 

21- Disorder 

22- Army Life

23- Fuck the U.S.A 

Encore:

24- Sex & Violence 

25- There Is No Point

26- Punks Not Dead 

27- Was It Me 

 

Observação: Músicas não executadas necessariamente nesta mesma ordem  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



André BG

Atual Editor Chefe

Apenas um cara que curte futebol, mulher e Rock 'n' Roll, bebe cerveja e torce para o Palmeiras!

Facebook: https://www.facebook.com/andre.alvesbg.5 

Instagram: https://www.instagram.com/andrealvesbg/




blog comments powered by Disqus