Resenhas

Shadowside e BrightStorm - 07.07.2019 - Manifesto Bar, São Paulo, SP

Por André BG | Em 12/07/2019 - 02:33
Fonte: Alquimia Rock Club

Fotos: André Alves BG

 

A Shadowside vem se consolidando cada vez mais como uma das melhores bandas de Heavy Metal do Brasil, atualmente divulgando seu mais recente álbum Shades Of Humanity de 2017, a banda havia dado uma pequena pausa em suas atividades após uma bem sucedida turnê nos Estados Unidos ao lado da lendária banda canadense Anvil, turnê essa encerrada em junho do ano passado.

 

De volta aos palcos brasileiros, a banda atualmente formada por Dani Nolden (vocal), Magnus Rosén (baixo, ex-Hammerfall), Raphael Mattos (guitarra) e Fabio Buitvidas (bateria) não se apresentava no Brasil desde 2014, matando a saudade dos fãs com uma trinca de shows, começando em Santos, passando por Maria da Fé (MG) e finalizada no último domingo na capital paulista no Manifesto Bar.

 

O show ainda contou com a banda de abertura BrightStorm da cidade de São José dos Campos, interior de São Paulo, que foi encarregada de aquecer o público ainda tímido naquele momento com seu Symphonic Metal influenciado por bandas como Nightwish, Epica, Delain, Tristania, Lacuna Coil e Evanescence. O sexteto formado por Naimi Stephanie (vocal), Alexis Nunes (bateria), Will Lopes (guitarra), Edy Silva (baixo) e Gabriel Bernardes (teclado) fez uma apresentação certeira de aproximadamente meia hora de duração, mandando um set list basicamente calcado em seu primeiro e único álbum Through the Gates de 2017, sendo muito bem recebida e aplaudida pelo público presente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Após um intervalo de menos de meia hora tudo já estava pronto, o público já devidamente aquecido, porém em um número muito aquém da importância de uma banda como a Shadowside, algo injustificável mesmo com o frio e o jogo da seleção brasileira que já havia se encerrado há mais de uma hora antes do show. Mas independente de qualquer coisa, o quarteto fez uma apresentação digna de sua carreira, mostrando estar mais que afiada no palco, esbanjando muita energia do começo ao fim da apresentação, contando com um som muito bom da casa.

 

No repertório, além dos já aguardados temas do último álbum Shades Of Humanity, a banda também mandou músicas de todos os seus outros três álbuns, agradando em cheio ao público que há tanto tempo não apreciava a Shadowside ao vivo, valendo destacar a performance da banda, além de impecável tecnicamente, todos se mostraram totalmente descontraídos no palco. Dani Nolden teve o público nas mãos desde o inicio, enquanto o sueco Magnus Rosén que estreava com a banda em solo brasileiro esbanjava simpatia, sempre muito sorridente e comunicativo com todos, mesmo sem falar praticamente nada em português, ainda tendo seu momento especial a parte no show com um seu solo de baixo. Já o guitarrista Raphael Mattos impressionou com sua técnica e vocais de apoio, também tendo seu momento de brilho ao descer do palco para executar o solo da música “Drifter” no meio da galera.

 

Já em “Vampire Hunter” do álbum Theatre of Shadows de 2005, Dani Nolden chamou ao palco Bill Shadow, ex-guitarrista da banda para assistir a performance do palco, marcando esse como um dos momentos mais descontraídos do show. As porradas “The Fall” e “Alive”, ambas temas do último álbum foram mais alguns dos destaques da apresentação, com essa última tendo seu videoclipe sendo exibido no telão usado como background do palco.

 

Mas a maior surpresa do show certamente se deu no desfecho com a clássica “Hearts On Fire” do Hammerfall, uma mais que grata e bem vinda surpresa, fechando o show em grande estilo e agradando em cheio os sortudos que compareceram no Manifesto Bar, restando agora a torcida para que a Shadowside não fique tanto tempo ausente dos palcos brasileiros. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Confira também a resenha do álbum Shades of Humanity pelo Alquimia Rock Club: http://www.alquimiarockclub.com.br/resenhas/6290/


Confira também a entrevista com a vocalista Dani Nolden concedida para o Alquimia Rock Club: http://www.alquimiarockclub.com.br/entrevistas/4713/

 


André BG

Atual Editor Chefe

Apenas um cara que curte futebol, mulher e Rock 'n' Roll, bebe cerveja e torce para o Palmeiras!

Facebook: https://www.facebook.com/andre.alvesbg.5 

Instagram: https://www.instagram.com/andrealvesbg/




blog comments powered by Disqus