Resenhas

Angra e The Secret Society - 28.07.2019 - Templo Music, São Paulo, SP

Por André BG | Em 30/07/2019 - 05:11
Fonte: Alquimia Rock Club

Fotos: André Alves BG

 

Encerrando a última parte da bem sucedida turnê de divulgação de seu último álbum, Ømni de 2018, o Angra se apresentou no último domingo na capital paulista no Templo Music, casa localizada no tradicional bairro da Mooca, em show que a principio seria realizado no dia 8 de junho, mas que foi adiado por conta do falecimento de Andre Matos, ex-vocalista e membro co-fundador da banda nos anos 90.

 

A banda escolhida para a abertura também foi mantida, sendo assim, o power trio curitibano The Secret Society subiu ao palco com a casa já praticamente cheia, e apesar do estilo um pouco distinto do Metal Melódico da atração principal, a banda conseguiu arrancar aplausos do público com seu som soturno influenciado por nomes como The Sisters Of Mercy e The Cult. No repertório, além dos singles oficialmente lançados até aqui, a banda formada por Guto Diaz (baixo e vocal), Fabiano Cavassin (guitarra) e Orlando Custódio (bateria) também apresentou ao público alguns temas que estarão em seu álbum de estreia, com destaque para a faixa “Rites Of Fire”, que dará nome ao álbum a ser lançado ainda esse ano, deixando uma boa impressão para o público.

 

 

Set list: 

 

1- Mephistofaustian Transluciferation 

2- Beyond the Gates

3- Fields Of Glass

4- Deciduous 

5- The Final Cut 

6- Rites Of Fire

7- The Architecture of Melancholy

8- Rubicon

 

 

 

 

 

 

 

Após quase uma hora de intervalo chegava o momento do Angra entrar em cena para o deleite de seus fãs que aguardavam ansiosos pela banda. Com um bom som e uma linda produção de palco como de costume (embora o palco fosse pequeno para os padrões da banda), o quinteto formado por Fabio Lione (vocal), Rafael Bittencourt (guitarra e vocal), Marcelo Barbosa (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Bruno Valverde (bateria) executou um repertório especial para encerrar a Magic Mirror Tour. Além das já aguardadas músicas que integram o último álbum Ømni, como “Travelers of Time” e “Insania”, a banda mandou alguns clássicos de sua discografia que não podem faltar em seus shows como “Waiting Silence” e “Nothing to Say”, bem como algumas surpresas com relação aos últimos shows, sendo “Millennium Sun” do álbum Rebirth uma delas.

 

Dizer que o Angra sempre contou com músicos brilhantes em todas as suas formações é chover no molhado, mas o vocalista italiano Fabio Lione deu um show à parte, principalmente na interpretação de composições gravadas pelos dois vocalistas anteriores. Sorridente e muito simpático com o público durante todo o show, o vocalista também fez questão de rasgar elogios ao jovem baterista Bruno Valverde que teve seu momento particular para brilhar com seu solo de bateria.  

 

A sequencia com “Black Widow's Web” mostrou a performance da banda de uma forma um tanto quanto peculiar, já que as partes dos vocais gravados por Sandy  e Alissa White-Gluz (Arch Enemy) foram interpretados por Rafael Bittencourt e Fabio Lione respectivamente, soando bem diferentes por razões obvias mas sem perder a qualidade.

 

Rafael Bittencourt também se mostrou muito versátil, principalmente ao assumir os vocais principais na clássica “Lisbon” do álbum Fireworks de 1998, depois dessa, o guitarrista e único membro fundador na atual formação da banda fez questão de lembrar-se do inicio do Angra com Andre Matos e do vazio e tristeza com a perda do ex-companheiro de banda, para então dar inicio com o violão mais uma surpresa da noite, dessa vez “Silence and Distance” do álbum Holy Land de 1996. O guitarrista ainda mostrou novamente seus dotes como vocalista em “The Bottom of My Soul” do mais recente álbum.

 

A clássica “Time” do álbum Angels Cry marcou um dos pontos altos da apresentação, sendo cantada por todos, mas o ápice do show indiscutivelmente ficou para o bis com “Rebirth” e “Carry On” que foi emendada com “Nova Era”, encerrando em grande estilo o show de duas horas de duração.

 

Vale destacar que o formato e o tamanho da casa fizeram com que o público ficasse bem próximo da banda e proporcionou um clima todo especial para o encerramento da bem sucedida turnê que teve mais de 100 shows em diferentes países. O Angra agora retorna ao estúdio para preparar mais um álbum de inéditas. 

 

 

Set list: 

 

1- Newborn Me 

2- Travelers of Time 

3- Waiting Silence 

4- Nothing to Say 

5- Insania 

6- Millennium Sun 

7- Solo de bateria 

8- Black Widow's Web 

9- Upper Levels 

10- Lisbon 

11- Ømni - Silence Inside 

12- Silence and Distance 

13- The Bottom of My Soul

14- Morning Star 

15- Time 

16- Magic Mirror 

Encore:

17- Rebirth 

18- Carry On/Nova Era

19- ØMNI - Infinite Nothing 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Confira também a homenagem do Angra a Andre Matos no dia do falecimento do músico: http://www.alquimiarockclub.com.br/materias/6484/ 

 


André BG

Atual Editor Chefe

Apenas um cara que curte futebol, mulher e Rock 'n' Roll, bebe cerveja e torce para o Palmeiras!

Facebook: https://www.facebook.com/andre.alvesbg.5 

Instagram: https://www.instagram.com/andrealvesbg/




blog comments powered by Disqus